Moda sustentável é tema de debates no Lalá Multiespaço

A programação da Fashion Revolution Week Salvador chega ao Lalá Multiespaço, no Rio Vermelho, com debates sobre moda sustentável e consumo consciente. Todas as atividades são uma realização da Justa Moda com apoio financeiro da Secretaria de Cultura da Bahia, através do edital de Economia Criativa do Fundo de Cultura.

A discussão sobre o assunto começa com um encontro de blogueiras, no dia 28 de abril. A partir das 9h até as 12h, a consultora Ana Soares, do blog Hoje Eu Vou Assim Off, se reúne com influenciadoras baianas para discutir o assunto. Durante a tarde, uma oficina-debate toma conta do espaço, com a articuladora e responsável pelo Roupa Livre, Mari Pelli. Mari ministrará a Oficina O Futuro da Roupa, para estimular os participantes na construção de um guia prático sobre o futuro da moda a partir de projetos e negócios mais alinhados com o mundo em que vivemos.

Mari Pelli também participará da programação do Fashion Revolution Week Salvador do dia 29 de abril, desta vez no Bate-papo Faça Algo – Caminhos para uma Moda Diferente. A articuladora dividirá mesa com Kiko Kislanky e Zé Pimenta (Euzaria), André Campos (ONG Repórter Brasil) e Ana Soares (Hoje Vou Assim Off). A conversa segue das 9h às 12h, com entrada franca. Já durante a tarde, das 15h às 18h, é a vez do Bate-papo Quem Faz a Revolução da Moda – Panorama da Indústria da Moda de Hoje. Participam da mesa Phaedra Brasil (Senac-BA), Ana Beatriz Simon (Uneb) e Adriana Costa (Agama).

As inscrições para os bate-papos podem ser feitas de maneira gratuita neste link: https://goo.gl/GYFqyz.

A Fashion Revolution Week será certificada como atividade de extensão pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Para receber o certificado, é necessário acumular pelo menos 8 (oito) horas de participação no evento.

Fashion Revolution Week Salvador – A Fashion Revolution Week Salvador acontece pela segunda vez na capital baiana, com quatro dias de programação, entre 26 e 29 de abril, em dois ambientes diferentes no Rio Vermelho. A abertura acontecerá na noite do dia 26, no Lalá Mutiespaço, com a exposição ‘Quem fez sua roupa?’, do Coletivo Caixa Preta Projetos. Nela, os visitantes serão incentivados a se fotografarem com a roupa pelo avesso e etiqueta visível, em um questionamento às marcas que produziram tais peças. A ação é tradicional no Fashion Revolution e pressiona as empresas a repensarem o processo de produção daquelas peças. Nos demais dias de programação, o Lalá receberá bate-papos e bazares, enquanto que no Atelier Lull acontecerão oficinas diversas.

Fashion Revolution – O Fashion Revolution Day é um movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 que deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos. A campanha surgiu com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo, mostrando ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável e criar conexões exigindo transparência.

Entre os dias 24 e 30 de abril de 2017 será celebrada a Fashion Revolution Week, em mais de 90 países. No Brasil, teremos eventos em diversos estados e ações realizadas pelos estudantes e interessados em moda. Em Salvador, acontecerá entre 26 e 29 de abril, no Lalá Multiespaço e Atelier Lull, ambos no Rio Vermelho.

Contatos
Estela Marques, assessoria de imprensa Fashion Revolution Salvador: (71) 99187-0318
Ana Fernanda Souza, organização Fashion Revolution Salvador: (71) 99271-8835